|| Blog do Julio ||

A Salvação do Rock

Posted in Música, Vídeos by Julio Dias on 26/10/2009

A banda The Strokes surgiu no mundo da música com um certo frescor de novidade, algo diferente. Tão novo que soava como  “a salvação do rock”, embora não houvesse necessidade de se salvar coisa alguma. Marketing/Empolgação de Empresários à parte, não é que o som é bom mesmo?

The Strokes, Last Night

Anúncios

#Tirinha

Posted in Humor, Quadrinhos, Desenhos e afins by Julio Dias on 20/10/2009

tirinha

Tirinha concebida graças ao Witty Comics e a minha falta do que fazer.

Braid

Posted in Jogos by Julio Dias on 16/10/2009

Afirmo com toda certeza: Braid é o melhor game que  joguei em toda a minha vida! E ainda acrescento: Se você é amante de jogos de plataforma este será , inevitavelmente, o melhor jogo que você terá posto suas mãos. Não, caro leitor, não é exagero de minha parte, Braid é tudo isso e muito mais! OK, talvez seja um relato um tanto quanto exagerado/apaixonado de minha parte, entretanto, é muito difícil não simpatizar com a busca incessante de Tim à sua Princesa.

A primeira coisa que se deve saber sobre Braid, caso nunca tenha ouvido falar nada a respeito, é que não se trata de um jogo no qual você irá simplesmente matar seus inimigos e passar de fase em fase; muito mais do que isso: é uma experiência. O jogo em si tem um conceito “didático” por trás, isto é, o autor teve a intenção de transmitir algo a mais ao jogador: Jonathan Blow, criador do jogo, é um crítico de games ao estilo “pé na porta e tapa na cara” como “Doom”, por exemplo, que não ensina nada a quem joga.

Além do tal conceito – e de inúmeras referências encontradas ao longos dos Mundos que você tem de explorar –  o game tem um visual muito bonito! A estética é muito bem elaborada; um trabalho de arte sensacional. É praticamente uma aquarela tomando vida e se movimentando diante de seus olhos. Fora a trilha sonora, muito bem arranjada, que consegue guiar o jogador por vários sensações como refrigerio, angustia ou tensão, conforme o desenrolar de sua estadia nos Mundos na medida certa: experimente jogar com o volume bem alto!

Outro ponto bem interessante, é que no decorrer de sua aventura, você tem a possibilidade “rebobinar” suas ações. Não há game over, muito menos continue: qualquer erro poderá imediatamente ser desfeito, com o uso deste recurso. Com o passar das fases, você percebera que será necessário saber conciliar essa função para conquistar determinadas peças dos quebra-cabeças.

Sabendo que o jogo tem uma proposta diferenciada, um design extremamente elaborado, uma trilha sonora de qualidade e que há um recurso de voltar no tempo, o que torna a jogabilidade bem interessante, podemos dar uma pincelada sobre enredo. Muito se engana quem “vende” Braid como uma copia de Super Mario. Apesar do herói da trama, o jovem Tim, estar em busca de sua Princesa raptada por um “monstro”, a dinâmica e o desenrolar a história é totalmente diferente dos games do Encanador Italiano da Nintendo. Não pretendo soltar nenhum Spoiler, até mesmo porque ainda não completei todos os puzzles e ainda estou tirando minhas conclusões sobre alguns fragmentos da historia; e convenhamos, é bem mais divertido ir descobrindo sozinho o que realmente se trata essa ”história maluca de idas e vindas no tempo”!

No jogo, você conduz o protagonista em sua missão, resolvendo situações adversas para coletar peças de quebra-cabeças, que irão formar imagens num painel – verdadeiras pinturas – que  lhe ajudarão a entender melhor no que Tim está envolvido. Simples? Não, nem tanto.

Se você gosta de desafios, essa é sua chance de gastar todo seu tutano! Faça o teste você mesmo baixando a Demo (clicando aqui) e divirta-se.

***

trailer:

Site: braid-game.com

Programa ROCK! #17

Posted in Música, Podcast by Julio Dias on 07/10/2009

k7_2.psd

Esta no Ar a 17º edição do Podcast Programa ROCK!, o podcast dedicado ao bom e velho rock n’ roll, feito de coração por este que vos escreve. Clique aqui para escutar, baixar, comentar e etc e tal.

Para mandar sua crítica e/ou sugestão, envie sua missiva para programarock@gmail.com, ok?

É isso! 🙂

E se você pudesse se tornar um Mutante?

Posted in Humor, Vídeos by Julio Dias on 03/10/2009

Eis um vídeo muito engraçado, mostrando as mazelas de Greg e Lou, dois jovens que depois de muito esforço, conseguiram comprar poderes mutantes. Veja: